Analisador Elementar Série 836 - Série LECO 836 - Instrumentos Analíticos Científicos ONHSort - Determinar oxigênio, hidrogênio e nitrogênio em amostras inorgânicas - Nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, NHO

Analisador Elementar Série 836: Determinar oxigênio, hidrogênio e nitrogênio em amostras inorgânicas

O analisador elementar de oxigênio/nitrogênio/hidrogênio ONH836 foi criado para uma ampla medição do teor de oxigênio, nitrogênio e hidrogênio em materiais inorgânicos, ligas ferrosas e não ferrosas, e materiais refratários, usando a técnica de fusão por gás inerte. Automação e nosso software Cornerstone® com tela sensível ao toque se reúnem para agilizar sua análise, enquanto um design robusto garante confiabilidade.

Características

  • Uma área de carregamento de amostra robusta simplifica a manutenção de rotina e minimiza a contaminação atmosférica
  • Células IV triplas para detecção de oxigênio permitem a mais ampla faixa de detecção do setor
  • Aumente a produtividade do laboratório com opções de automação
    • O limpador automático disponível minimiza a necessidade de limpeza manual entre análises
    • Carregador automático com 20 posições para cadinhos e amostras
  • A interface com tela sensível ao toque montada na braço articulado oferece ergonomia aprimorada e operação intuitiva
  • Detectores de infravermelho (IV) e de condutividade térmica (TC) de última geração, sem peças móveis e ajustes manuais
  • Melhor estabilidade da célula TC
    • Purificador de gás de arraste OMI-2 com desvio para melhor estabilidade da célula TC
    • A compensação dinâmica de fluxo patenteada aumenta ainda mais a estabilidade da célula TC

Modelo opcional O836Si

  • Sensibilidade de baixo nível incomparável com detecção infravermelha de estado sólido, carregamento de novas amostras e forno de impulso programável
  • Ideal para detecção de oxigênio na indústria de silício (pastilhas de silício), de metais e eletrônica (cobre de alta pureza)

Aplicações

A série 836 é ideal para as seguintes aplicações: materiais inorgânicos, ligas ferrosas e não ferrosas, cobre, alumínio, titânio e materiais refratários.

Teoria de operação

O sistema de oxigênio/nitrogênio/hidrogênio ONH836 foi criado para medição simultânea de uma ampla gama de teor de oxigênio, nitrogênio e hidrogênio em aço, metais refratários e outros materiais inorgânicos. O instrumento possui software personalizado criado especificamente para operação por toque.

Uma amostra pré-pesada é colocada em um cadinho de grafite, que é aquecido em um forno de eletrodos para liberar gases analitos. O oxigênio presente na amostra reage com o cadinho de grafite para formar CO e CO2. Um transportador de gás inerte, geralmente hélio, varre os gases analitos liberados para fora do forno por meio de um controlador de fluxo de massa e de uma série de detectores. CO e CO2 são detectados usando células infravermelhas não dispersivas (NDIR). O gás então flui através de um reagente aquecido, onde o CO é oxidado para formar CO2, e o H2 é oxidado para formar H2O. O gás continua através de outro conjunto de células NDIR, onde H2O e CO2 são detectados. O CO2 e H2O são então removidos do fluxo de gás de arraste, deixando o analito final, nitrogênio, como a única impureza.

Um sistema patenteado de Compensação Dinâmica de Fluxo (DFC) é usado para adicionar gás de arraste como reposição para o gás perdido durante o processo de depuração. Um detector de condutividade térmica (TC) é usado para detectar nitrogênio. O sistema de detecção é composto por detectores NDIR e TC. As células NDIR são baseadas no princípio de que as moléculas de gás analito absorvem energia infravermelha (IV) em comprimentos de onda exclusivos no espectro IV. A energia IV incidente nesses comprimentos de onda é absorvida conforme os gases passam pelas células de absorção IV. O conjunto completo de células NDIR com CO e CO2 é necessário para fornecer os resultados de oxigênio mais precisos para uma ampla variedade de tipos e concentrações de amostra. A detecção de TC aproveita a diferença na condutividade térmica entre os gases de arraste e analitos. Os filamentos resistivos de TC são colocados em um fluxo de gás de arraste e aquecidos por um circuito em ponte. À medida que o gás analito é introduzido no fluxo de transporte, a taxa na qual ocorrem transferências de calor dos filamentos muda, produzindo uma deflexão mensurável no circuito ponte.

A concentração de uma amostra desconhecida é determinada em relação aos padrões de calibração. Para reduzir as interferências de desvio do instrumento, as medições de referência do gás de arraste puro são feitas antes de cada análise.

Detalhes da Série 836

Analisador Elementar Série 836 - Série LECO 836 - Instrumentos Analíticos Científicos ONHSort - Determinar oxigênio, hidrogênio e nitrogênio em amostras inorgânicas - Nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, NHO
Modelos
  • Oxigênio/nitrogênio/hidrogênio ONH836
  • Oxigênio/nitrogênio ON836
  • Oxigênio/hidrogênio OH836
  • Oxigênio O836
  • Hidrogênio H836
  • Nitrogênio N836
  • Nitrogênio/hidrogênio NH836
  • Oxigênio para pastilhas de silício O836Si
Opções
  • Carregador automático de amostra
  • Resfriador de recirculação
  • Compartimento de vácuo para redução de ruído

Aplicação em destaque
[PDF] Oxigênio/hidrogênio em cobre e ligas de cobre
Literatura do produto
[PDF] Série 836
Explore Consumíveis inorgânicos, materiais e padrões de referência
Solicite mais informações sobre produtos

Notícias sobre a série 836

Inscreva-se em nossa newsletter

Você está prestes a acessar uma página que está disponível apenas em inglês. Deseja continuar?

Powered by Translations.com GlobalLink OneLink Software